Andorinha

Sempre tive essa coisa meio andorinha, de voar pra lá e pra cá,
a cruzar hemisférios,
fugindo de invernos deletérios,
para buscar na vida verões, ver a alma esquentar,

e quem sabe assim, como um balão, poder voar… feito uma andorinha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: